Ontem (15/10/2016) estava com insônia (pra variar) e ao ficar zapeando me deparei com uma reportagem sobre o ensino nos Estados Unidos.

Fiquei bem interessado no assunto e estavam fazendo a reportagem com três professores de escolas distintas.

Um deles, queria instigar o interesse da leitura aos seus pequenos alunos (de 6 a 8 anos) e conversou com cada um deles anotando tudo e chamou a atenção uma menina de 8 anos que queria ser Cheff de cozinha e que gostava muito da comida chinesa.

Então o professor foi até uma livraria e comprou livros para todos os alunos de acordo com o interesse de cada um e os levou na sala de aula chamando pelos nomes e entregando cada um deles o qual foi uma euforia e falou:

  • Se desejarem podem começar a ler agora mesmo!

O segundo professor queria que os alunos (adolescentes) se interessassem pela economia atual, pela realidade que as famílias vivem e pediu para que formassem duplas e fossem entrevistar pessoas nas ruas e deveria ser no mínimo cinco entrevistas e perguntariam sobre temas relacionados a aula.

Retornaram entusiasmados e com vontade de compartilhar com todos o que descobriram.

O professor? Só ficou coordenando as equipes que falavam.

E a terceira professora separou os alunos (na faixa de 12 a 14) em equipes onde as mesas eram redondas como de salas de reunião e mesclou alunos fortes com alunos fracos naquela matéria.

Nesta turma todos tinham notebooks e se via que era uma escola de nível um pouco mais alto.

Da mesma forma, a professora tirava dúvidas dos alunos e mostrava se estavam ou não no caminho correto da discussão.

Nas três escolas com realidades diferentes, todos os professores davam aulas de forma diferente, mas com um resultado em comum: Despertar o interesse dos alunos, e fazer com que pensassem por eles mesmo, dando suas opiniões e enriquecendo seu conhecimento.

Daí eu entendi o que está errado na educação de nosso país.

Não é o currículo, as disciplinas, mas sim a forma de dar aula.

Num outro vídeo que está circulando pelas redes sociais se vê um tribunal onde um advogado defende a educação e compara os seguintes bens:

Telefone Antigo e Atual:

Resultado de imagem para telefone antigo

Resultado de imagem para telefone novo

Resultado de imagem para celular moderno

 

Carro antigo e Atual:

Resultado de imagem para carro antigo Resultado de imagem para carro moderno

E as Salas de Aula Antigas e Atuais:

Resultado de imagem para sala de aula antiga x Resultado de imagem para sala de aula atual

Tecnologia evoluiu telefones, celulares, carros, micro-ondas e tantos outros bens de consumo, mas a Educação parece que parou no tempo.

Mas o que está errado não é a formatação das turmas, mas a forma como se dá aula que é tão antiga que pode-se dizer que “não houve mudanças”.

Alguns podem dizer: “- Ah, mas hoje os alunos usam celulares e tablets na sala e antes não existia”

Continuo dizendo que a forma de dar aula não mudou, que é basicamente assim:

  • Professor na frente passando conteúdo e
  • Aluno sentado anotando e copiando matéria no quadro

Hoje as crianças e adolescentes tem sede de conhecimento porque a questão da tecnologia já nasceram usando e não terão dificuldades quanto a isto.

Se o governo mudar a formação dos Professores, dando treinamento diferenciado, mostrando formas inovadoras de dar aula com certeza irão atingir os seus alunos que irão responder aos resultados.

Ai faço a pergunta: O governo têm realmente esse interesse?

 

P.S.: Sei que tem alguns professores que são apaixonados pela profissão e já dão aulas que são verdadeiros shows e os alunos adoram e se comprometem com o propósito. A estes profissionais os meus sinceros parabéns! Vocês fazem a diferença para estes alunos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: